aβsynto Vocέ: Uma Ode aos Pés

 

"Há quem diga que todas as noites são de sonhos.Há também quem garanta que nem todas, só as de verão.Isto não tem muita importância. O que interessa mesmo são os sonhos..."

Visite o link abaixo...

domingo

Uma Ode aos Pés


Amo meus pés,
de repente me vi amando-os.
 
Pés que me sustentam,

Que me livram,
que me levam.
Donos do meu ir e vir, 
Pés que me conduzem a ti.

Amo os teus pés,
Doídos , cansados,

Nos sapatos de labuta,
Prensados, almejam alforria.
Pés que vacilam,
ante sinuosos caminhos. 
Se deixam intimidar,

Titubeiam em conduzir-te a mim,

Que me venham amar.


Bem aventurado sejam todos os pés

que conduzem os amantes ao Amor.

Creative Commons License  aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí, gostou? Deixe sua marca...

Loading...

Cicatriz

Quem disse que mudei? Não importa que a tenham demolido. A gente continua morando na velha casa em que nasceu.

   Mário Quintana [pensador] www.pensador.info

 
diHITT - Notícias