aβsynto Vocέ: 200902

 

"Há quem diga que todas as noites são de sonhos.Há também quem garanta que nem todas, só as de verão.Isto não tem muita importância. O que interessa mesmo são os sonhos..."

Visite o link abaixo...

quarta-feira

Menino de cristal

Meu menino de cristal...

Menino de cristal em homem disfarçado
deita em meu colo e descansa sereno.
Acordada, sentinela, velo o sono teu.
Adormece em paz... A manhã promete sol no céu.


Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production


Gif Gifs

segunda-feira

Recolhendo as Pérolas












Deletar


Valores, pudores e temores...Todos exorcizados.
Coração e mente despidos... Alforriados.
Deixei-lhe o colo, o corpo lhe reservei,
porém, cansei.
Hoje, recolho minhas pérolas.
Apaguei seu nome de minha agenda,
do meu caminho seu rastro apaguei.
Tuas poucas lembranças... Deletei.
Meus carinhos e mimos, outro receberá
Meu obsceno segredo de outro será.
Meu calor, meu sabor, outro há de sentir,
Meu corpo em outro se deleitará.
E ao ouvir meus sussurros,
perceber meus gemidos,
e ao receber meu êxtase, num gozo de arrebatar.
Viver toda alegria e prazer que a paixão nos possa dar.
Tudo que seria seu, hei de viver com outro alguém.
                 E nesse momento, quando você... Você quem?

Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production


Minha alma de Florbela...


Perdoem-me o trocadilho mas ultimamente a minha alma de Florbela tem me espancado... Tenho ficado a reler, sentir e sofrer com os poemas dessa grande poeta lusitana. 
Florbela seu codinome é Paixão, por sobrenome Penar. Minha reverência.

Fanatismo

"Minh'alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és sequer razão de meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida!

Não vejo nada assim enlouquecida...
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!

Tudo no mundo é frágil, tudo passa..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, vivo de rastros:
"Ah!  Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus: princípio e fim!..."

Florbela Espanca

Creative Commons License aβsynto Vocέ by



Gif Gifs

domingo

Irracional paixão


"Teu corpo seja brasa 
e o meu a casa 
que se consome no fogo
um incêndio basta 
pra consumar esse jogo 
uma fogueira chega 
pra eu brincar de novo."

Alice Ruiz

"Nos momentos em que surpreende um lampejo de razão,

me coloco a pensar, me dar conta da Paixão.

Descubro que este fogo, esta chama a consumir... 

Consumiu a minha paz, deixando no peito angústia. 

Fogo que arde sozinho, qual a sua serventia

senão transformar em cinzas minha parca alegria. "


Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

sábado

Ψolhos Pensantes: A Fábula da Perereca!

orkutglitter.com is the best glitter graphic code resource :: GlitterGraphics ::

Um toque de humor pra alegrar os corações apaixonados e despertar os que dormem! Dá um click que a fábula é uma delícia, um presente do Blog Ψolhos Pensantes , que também é uma delícia! Ah, como toda fábula tem "moral da história", bem didático!

orkutglitter.com is the best glitter graphic code resource :: GlitterGraphics ::

sexta-feira

Desejo de Caqui


Belo caqui, fruto ainda preso ao pé,
aguada de ti, fico a observar.
Com paciência espartana, espero a colheita chegar...
A vontade de te consumir,
o desejo a me possuir...
Porque não chega presto a colheita do caqui!
Quando chegar o tempo, de recolhê-lo então,
tenro fruto almejado, minha fina iguaria,
não vou conter a volúpia de saciar num só dia,
a espera alucinante de toda uma estação.
Agora, nesse momento, para amenizar o desejo
sacio minha fome com o fruto da ocasião.


Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

quinta-feira

Lamento de Dulcinea

Meu cavaleiro da Triste Figura, 
há dias em que a vontade de estar com você se faz apertada... 
Tenho vivido momentos especiais, tenho estado feliz.
mas jaz tão distante meu cavaleiro, como repartir o mel? 
Nem sei quantos rascunhos, recados ensaiados, 
querendo compartilhar uma nova, um poema , todos acabam engavetados. 
Em muitas de minhas conquistas há um toque seu, 
Ficaram resquícios seus nos poemas que julgo meu. 
A vida traçou outras rotas, caminhamos por outras vias, 
escapou-nos a sintonia. 
Eu busco luz e meu cavaleiro me parece tão sombrio... 
Podes me alcunhar de paranóica 
(vilipendiada, ludibriada???), 
tens dos bravos cavaleiros a vivência ,eu, mesmo sem tua sapiência 
ouso analisá-lo à espreita, sinto em ti uma oscilação tão grande... 
Ora repousas céu, ora submerge num inferno qual Dante, 
de um estado de alegria ao mergulho profundo na tristeza,
uma tristeza tão sua.... tão singular. 
Ensimesmado... Será a tristeza a te consumir ou você dela a se alimentar? 
Solitária com seu Quintana, me deparei com o poema: 
"Não tentes consolar o desgraçado, 
que chora amargamente a sorte má. 
Se o tirares por fim do seu estado, 
que outra consolação lhe restará?" 8
Então me dei conta que a angústia que te acompanha 
talvez seja porque te lançaste ao resgate dos degredados, 
barganhando em vida com a morte, 
surrupiando dela tantos quanto pode. 
E a morte, caprichosa, por se sentir lesada, 
te pune com um vazio, condenado a um buscar angustiado, 
Ah minha triste figura... Quisera eu amenizá-lo. 
Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

quarta-feira

Amores de Cristal

Vaso de cristal, por descuido caiu.
tão belo, tão raro...
Se fez mil, se fez nenhum.
Amor que por descuido partiu,
tão belo, tão raro...
Tiveras um, não tens nenhum.
Ah, as perdas por se descuidar!

aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

Alegria de viver


"A cada dose de vida ofertada, beber cada gota como única.
Não sobeje em  teu dia nenhuma aventura ou iguaria .
Na velhice só te restarão lembranças como alegria .
"

Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

terça-feira

O sono dela é pura música!


Vídeo fantástico com a música "Her Morning Elegance " de Oren Lavie, cantor, compositor e diretor de teatro, nascido em Tel Aviv, 1976.

segunda-feira

O homem a dormir

Olho o homem que dorme ao meu lado,
como criança indefesa repousa,
ouço seu suave ressonar.
É um homem a dormir
ou um gato a ronronar?
Ah, são mágicos os mistérios do coração.
O mais comum e frugal momento,
no enlevo da paixão,
fica envolto de encantamento e dulçor,
digno das mais belas elegia e dos poemas de amor.

Creative Commons License
aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

domingo

BRAZIL BEACH GIRLS (Um Absurdo!!!)


Que o turismo sexual existe todo mundo sabe, mas daí fazerem uma propaganda depreciativa, generalizando todas as mulheres brasileiras, já é abuso com toda a sociedade. E é isso que encontramos no site www.brazilbeaches.org/ . Um desrespeito a toda sociedade brasileira! Somos belas, somos românticas, somos amantes sim, mas não estamos em liquidação. Nem nos entregamos por esporte ou por inocência. Quando nós mulheres decidimos amar ou apenas fazer sexo é por  vontade própria: seja uma noite romântica com o homem amado ou, quando o caso é profissional, um encontro por  "grana" para garantir o "leite" das crianças. Segue uma tradução da propaganda vergonhosa feita pela amiga Karla Bardanza .

"Indigne-se brasileira/o, indigne-se mulher com texto que encontrei no site http://www.brazilbeaches.org/Brazil-Beach-Girls.html

Com o objetivo de dar informações sobre o Brasil (praias, escolas de samba, etc...), o site acima descreve o”perfil” da garota brasileira e diz que ter um encontro com uma é uma aventura para qualquer GRINGO.O texto está em inglês, traduzi-o aqui, mas se desejar ler o artigo, acesse o site citado.

Tenha um encontro com garotas brasileiras

Encontrar garotas brasileiras é definitivamente uma atração importante se você é um homem solteiro vindo ao Brasil.As garotas brasileiras são falantes e simpáticas, elas adoram encontrar pessoas estrangeiras e especialmente pessoas da América do Norte.
Ter um encontro uma garota brasileira é definitivamente uma grande aventura, elas adoram sair, beber e especialmente dançar.O Brasil é um país onde o romance está sempre lá, talvez pela grande quantidade de novelas que as pessoas assistem na tv ou porque o clima quente favorece as pessoas a se envolverem umas com as outras.

Não importa a razão, ter um encontro e ter um romance com uma garota brasileira é certamente uma experiência que você irá adorar ter.Elas têm um bom nível cultural e adoram caras que as escutam:suas exigências, suas histórias, seus sentimentos.E tudo é feito com aquela inocência que faz a surpresa melhor quando elas abrem seus corpos e suas mentes aos seus amantes.O negócio é que quando uma garota brasileira se apaixona, ela ama com loucura.Esta é a razão que ter um encontro com uma garota brasileira pode mudar a sua vida."

sexta-feira

Amar com gozo

Quando o amar se faz gosto,
O cenário não importa, vale amar e ser amado... 
Entrega-se sob a chuva ou sob o chuveiro, 
envoltos em cinzas ou sob os lençóis.
Deseja-se sobre a grama, sob a lama, entre chamas,
num incandescente abandono.
Se ama em meio as folhas de outono 
ou sobre um manto de girassóis.
Quando o amar se faz com gozo, 
o gozar se faz gostoso.

Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

Menina Solar


Doce menina solar,
que aquece e nasceu pra luzir,
onde esqueceste o teu riso,
onde escondeste o sorriso?
Menina nascida para amar,
despe dessa mortalha,
que por opção veio usar.
O tempo passa menina,
Ontem te escapou.
Hoje é o dia,
do amanhã, só falácia.
Se ficas contemplativa,
passa o dia,
passa a tarde,
a noite chega e passa.
Passa o momento de amar,
escoa o tempo de viver.
Menina solar,
ao que busca teu aconchego,
afaga e acolhe-o.
Oferta-lhe mais que teus peitos,
dê-lhe coxas, abra-lhe o ventre ,
envolva-o e lhe cubra de beijos.
Deixe que os mortos velem seus mortos,
que os infelizes se nutram da dor,
que os abutres se fartem das sobras.
Você que se encharque de luz e calor,
e aqueça o mundo que gira ao redor.

Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

quinta-feira

Previsão do tempo



Anoiteceu ...

Uma noite úmida.
Úmidos estamos a sós.
Eu molhada de você.
Você enxarcado de mim.
O quarto inebriado de nós.
Em meio ao cansaço e olor,
a exaustão vem surpreender.
os corpos atados que se pendem,
num sereno adormecer.

Amanheceu ...
Corpos agora sedentos,
resquicio da noite ainda na cama.
Os corpos se tocam,
tangem e vibram.
O corpo é fonte, a água verte,
que no começo tímida escorre,
em cachoeira se converte.
O dia será úmido...

Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

Na cama... com Drummond

O que se passa na cama

(O que se passa na cama
é segredo de quem ama.)

É segredo de quem ama
não conhecer pela rama
gozo que seja profundo,
elaborado na terra
e tão fora deste mundo
que o corpo, encontrando o corpo
e por ele navegando,
atinge a paz de outro horto,
noutro mundo: paz de morto,
nirvana, sono do pênis.

Ai, cama canção de cuna,
dorme, menina, nanana,
dorme onça suçuarana,
dorme cândida vagina,
dorme a última sirena
ou a penúltima… O pênis
dorme, puma, americana
fera exausta. Dorme, fulva
grinalda de tua vulva.

E silenciem os que amam,
entre lençol e cortina
ainda úmidos de sêmen,
estes segredos de cama.

[Drummond]

Amor Pródigo


_Amada minha, por onde andaste?
Meus olhos pendem cansados,
turvo por verter lágrimas.
da dor que tua ausência me traz,
Fui detentor de teus abraços,
não te preservei em meus braços,
agora sorvo o fel da angústia na foz.

_Amado meu, quando de mim te descuidaste,
lançando-me a própria sorte, perdi minha direção.
Em busca de uma quimera, de um bálsamo para solidão,
vaguei por caminhos sem norte, a procura de uma paixão.

_Volta amada minha, assim como foste, o teu lar ainda te espera.
Deixa-me curar tuas feridas, assim como das minhas cuidaste.
A tua ausência foi fel, amargou cada dia meu viver.
Se não estás ao meu lado, sou ave arredia a perecer.

_Meu amado, quero de novo amar, sem reservas, sem amarras.
Que eu possa me entregar, na certeza de seu cuidado.
Reiventemos o amor, num presente sem dor.
Recomeço sem passado,  nem futuro promissor,
apenas eu, você, o hoje ... Seja como for.


Creative Commons License  aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

quarta-feira

Minhas cicatrizes

"Quando eu estiver contigo no fim do dia, poderás ver as minhas cicatrizes, e então saberás que eu me feri e também me curei."
"Dos remédios e venenos sorver até a última gota.
Que não sobrem mazelas ou benesses.
Das feridas nos bastam as cicatrizes.
"

Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

Sob a soleira

Procura a menina seu por amigo, em vão,
A busca pelos cantos da casa, se faz inútil
Cruel amigo, se fora sorrateiro, sem nenhuma explicação.
Lançastes a menina ao relento,
em densas nuvens de inquietação: 
_Haveria feito algo errado com amigo tão estimado? 
_Não era forte o nosso laço? E os momentos de enlevo e contemplação?
Tantas dúvidas dilaceravam aquele peito já castigado. 
O tal laço, frouxo, nem tocara o coração do amigo amado,
Já para a pobre era quase algema, gaiola ou mesmo prisão.
E o tempo foi passando, mas a saudade não!
Suspirava a menina solitária, sentada sob a soleira,
Na varanda escondida sob o véu da escuridão.
Face úmida, olhos marejados, lágrimas como areia.
Sonha baixinho com volta de um amigo, 
bate seu coração resoluto:
_Se não voltar o que fora, outro me há de vir.
A menina engole o choro...A escuridão engole a menina.

Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

segunda-feira

Remédios e venenos

As rosas não falam

Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão
Enfim

Volto ao jardim
Com a certeza de que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim

Queixo-me às rosas, mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti

Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhavas meus sonhos
Por fim
"Dos remédios e venenos,
sorver até a última gota.
Que não sobrem mazelas.
Das feridas, bastam as cicatrizes."

Creative Commons License aβsynto Vocέ by K4AKIS'Production

SEPARAÇÃO


Desmontar a casa e o amor.
Despregar os sentimentos das paredes e lençóis.
Recolher as cortinas após a tempestade das conversas.
O amor não resistiu às balas, pragas, flores
e corpos de intermeio.
Empilhar livros, quadros, discos e remorsos.
Esperar o infernal juízo final do desamor.
Vizinhos se assustam de manhã ante os destroços junto à porta:
_ Pareciam se amar tanto!

Houve um tempo:
uma casa de campo,
fotos em Veneza,
um tempo em que sorridente
o amor aglutinava festas e jantares.
Amou-se um certo modo de despir-se de pentear-se.
Amou-se um sorriso e um certo modo de botar a mesa.
Amou-se um certo modo de amar.
No entanto, o amor bate em retirada
com suas roupas amassadas,
tropas de insultos malas desesperadas, soluços embargados.

Faltou amor no amor?
Gastou-se o amor no amor?
Fartou-se o amor?
No quarto dos filhos outra derrota à vista:
bonecos e brinquedos pendem numa colagem de afetos natimortos.
O amor ruiu e tem pressa de ir embora
envergonhado.
Erguerá outra casa, o amor?
Escolherá objetos, morará na praia?
Viajará na neve e na neblina?
Tonto, perplexo, sem rumo
um corpo sai porta afora
com pedaços de passado na cabeça
e um impreciso futuro.
No peito o coração pesa mais que uma mala de chumbo.

domingo

Non, je ne regrette rien

Cette chanson est un magnifique hommage à l'amour et de tristesse.
Une interprétation remplie d'émotion, l'actrice Marion Coutillard.

Loading...

Cicatriz

Quem disse que mudei? Não importa que a tenham demolido. A gente continua morando na velha casa em que nasceu.

   Mário Quintana [pensador] www.pensador.info

 
diHITT - Notícias