aβsynto Vocέ: O Gato de Neruda

 

"Há quem diga que todas as noites são de sonhos.Há também quem garanta que nem todas, só as de verão.Isto não tem muita importância. O que interessa mesmo são os sonhos..."

Visite o link abaixo...

sábado

O Gato de Neruda


O Gato,
Neruda conhecia
as nunces da alma felina quando teceu esses versos.
Queria eu ter conhecido alguém tanto assim!

Ode ao gato
"Os animais foram imperfeitos,(...)
Pouco a pouco se foram compondo,(...)
adquirindo pintas, graça, vôo.
O gato, só o gato apareceu completo e orgulhoso:
nasceu completamente terminado,
anda sozinho e sabe o que quer(...)
Oh fera independente

da casa, arrogante
vestígio da noite,
preguiçoso, ginástico e alheio,
profundíssimo gato,
polícia secreta dos quartos,(...)
certamente não há
enigma na tua maneira,
talvez não sejas mistério,
todo o mundo sabe de ti.
E pertence a
o habitante menos misterioso,
talvez todos acreditem, 
todos se acreditem donos,
proprietários, (...) do seu gato.
Eu não.
Eu não subscrevo.
Eu não conheço o gato.
Tudo sei, a vida e seu arquipélago,
o mar e a cidade incalculável,(...) 

mas não posso decifrar um gato.(...)" 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí, gostou? Deixe sua marca...

Loading...

Cicatriz

Quem disse que mudei? Não importa que a tenham demolido. A gente continua morando na velha casa em que nasceu.

   Mário Quintana [pensador] www.pensador.info

 
diHITT - Notícias